[ editar artigo]

Deputados fazem farra com dinheiro público no exterior e Maia dá aval

Deputados fazem farra com dinheiro público no exterior e Maia dá aval

Com base na lei de acesso a informação, a Folha teve acesso às contas da "CamaraTur", um órgão que banca viagens para os deputados irem para o exterior. A justificativa é que eles tenham acesso a novos conceitos e experiências úteis ao Brasil. Parece piada né?
 

Confira a matéria da Folha:

No dia 3 de maio, a estátua de bronze de Eusébio, um dos maiores jogadores de futebol da história de Portugal, ganhou um companheiro provisório. Trepado em cima do pedestal, ao seu lado, o deputado José Airton Cirilo (PT-CE) imitava a pose do ídolo do Benfica —armando o chute— para a foto que colocaria no mesmo dia em suas redes sociais.

Cirilo foi um dos oito deputados federais da comitiva brasileira que passou cinco dias visitando, em missão oficial, locais turísticos de Lisboa e Fátima com praticamente todas as despesas pagas pela Câmara —passagens aéreas e diárias que somaram quase R$ 10 mil para cada um.

Permitidas pelas regras da Casa, as viagens internacionais dos deputados têm levado desde outubro do ano passado uma média de 26 parlamentares para fora do país, por mês, para destinos de Estados Unidos, Europa e Ásia, alguns mais de uma vez.

Só de janeiro de 2018 a janeiro de 2019, esses deslocamentos custaram R$ 3,9 milhões. Os custos totais foram obtidos pela Folha por meio da Lei de Acesso à Informação.

Todos Brasil
Diulia Cardia
Diulia Cardia Seguir

Formada em Comunicação Social pela Universidade Federal do Paraná, tenho 20 anos e muitos sonhos. Escolhi fazer parte do movimento Todos Brasil, porque acredito em um Brasil com espaço para todos os brados de luta por um país mais justo e forte.

Ler matéria completa
Indicados para você